Como turbinar sua carreira.em Tecnologia da Informação. .... 6 certificações


Como turbinar sua carreira.em Tecnologia da Informação. .... 6 certificações 

O profissional de hoje precisa não somente ser especialista em tecnologias, entender diversas soluções, mas também ter conhecimento de negócios. Mais ainda: ele deve inspirar, analisar, e ter visão de mercado.

E não é preciso ser nenhum super-herói para reunir essas características. Com conhecimento de mercado e ajuda de algumas certificações, você pode obter tudo de que precisa para chegar ao topo da TI. Veja abaixo os temas mais quentes do momento, ideais para investir em capacitações na área.

1. Governança
Governança corporativa ajuda empresas a definir políticas e regras para os funcionários de todos os níveis hierárquicos. Um CIO com conhecimento no tema pode aumentar a prestação de contas, a transparência e a confiança, muitas vezes, prevenindo problemas.

Duas certificações da Information Systems Audit and Control Association (Isaca) ajudam o profissional de TI a obter esse conhecimento. A Certified In The Governance Of Enterprise IT (CGEIT) promove o conhecimento necessário ao talento para discutir questões críticas em torno de governança e alinhamento estratégico. 

Para se candidatar às certificações, o candidato deve ter cinco ou mais anos de experiência em gestão, consultoria e/ou responsabilidades de garantia relacionadas com governança de TI em uma empresa. Além disso, o conhecimento adquirido é atestado por meio de prova. 

Outra certificação, a Certified In Risk And Information Systems Control (CRISC) é direcionada para profissionais que têm interesse em negócios e gestão de risco de tecnologia, bem como desenvolvimento e execução de sistemas de informação (SI) controles.

Para obter a CRISC, é necessário ter pelo menos três anos de experiência combinada na gestão de risco de nível profissional e controle, com experiência na execução de pelo menos três das seguintes funções: identificação dos riscos, assessment e avaliação; resposta de risco; monitoramento de risco; projeto de controle sistemas de informação e implementação; e controle, monitoramento e manutenção.

2. Arquitetura em TI
Profissionais voltados para a arquitetura de TI lidam com planejamento, projeto, implementação e gerenciamento de infraestrutura de TI para impulsionar e implementar estratégias de negócios. As certificações CITA-Professional, da Iasa, ajudam profissionais a adquirir essas competências. Veja mais no site da instituição.

3. Big Data e analytics
Considerada há alguns anos a profissão mais ‘sexy’ do século, cientistas de dados estão em alta. Profissionais com habilidade para analisar e lidar com ferramentas de Big Data estão sendo disputados pelo mercado. Eles têm capacidade única de obter insights diante de uma montanha de dados para ajudar os negócios a tomar decisões de forma mais assertiva.

Empresas como EMCOracle e SAS oferecem certificação na área, ajudando o profissional a adquirir as competências necessárias para atuar nesse contexto.

4. Compliance
A conformidade regulatória é valiosa para as empresas. Certificações nessa área dão aos profissionais experiência na avaliação de regulamentações e implementação de programas para garantir que organizações fiquem em conformidade com as regras legais. Veja abaixo algumas certificações para fortalecer capacidades em compliance:

Certified Information Systems Risk and Compliance Professional (CISRCP), da Risk Compliance Association, é direcionada para profissionais de TI e segurança da informação que buscam conhecimento e habilidades para compreender e controlar a conformidade e realizar o gerenciamento de riscos corporativos. Essa certificação abrange normas internacionais, princípios e melhores práticas de gestão de riscos de TI e segurança de TI. 

Já o Certified Compliance & Ethics Professional (CCEP), do Compliance Certification Board, é direcionado para indivíduos que têm conhecimento dos regulamentos relevantes e conhecimentos suficientes sobre os processos de conformidade para ajudar organizações a cumprir e manter as normas legais. Os candidatos devem ter, pelo menos, um ano de experiência em uma função de conformidade e atender a outros requisitos do instituto.

5. Gerenciamento de projetos
Essa categoria é relevante para profissionais de todos os segmentos da indústria. O gerenciamento de projetos exige habilidades de planejamento, organização, motivação e controle de recursos, procedimentos e protocolos. O Project Management Institut (PMI) oferece uma série de certificações para aqueles que estão interessados em adquirir ou aprimorar as habilidades exigidas nesse quesito.

Os iniciantes podem começar sua empreitada pelo Certified Associate in Project Management (CAPM), com foco para aqueles que querem mostrar comprometimento com a gestão de projetos e adquirir habilidades para gerenciar projetos grandes e que requerem mais responsabilidade.  

Para os mais experientes, o Instituto oferece certificações como o Project Management Professional (PMP), voltado para liderança e gestão de equipes; o Portfolio Management Professional (PfMP), para candidatos que possuem portfólio de gerência e querem conquistar um portfólio de gestão de projetos e programas; o PMI Agile Certified Practitioner (PMI-ACP), voltado para novos ou antigos usuários de práticas ágeis e que querem demonstrar comprometimento com esta abordagem de gerenciamento de projetos; o PMI Scheduling Professional (PMI-SP), para profissionais que possuem expertise em programação de projetos; e o Program Management Professional (PgMP) que visa validar a capacidade do profissional em gerenciamento de projetos complexos e alinhamento de resultados.

6. Academias para CIOs
Além das certificações corporativas, algumas instituições acadêmicas oferecem programas que dão aos executivos as habilidades e o conhecimento necessário para tomada de decisão rápida e estratégica. Também há a possibilidade de fazer cursos a distância. Confira alguns exemplos a seguir:

Carnegie Mellon University's CIO Certificate é voltado especificamente para CIOs, CTOs, CSOs, seus subordinados diretos e outros executivos de TI que possuem responsabilidades de supervisão.

Já o University of Maryland University College's CIO Executive Certificate é desenvolvido para CIOs e abrange todas as áreas de gestão associados à concepção, desenvolvimento, aquisição, implementação, planejamento e manutenção da estrutura de TI de uma organização.

Society for Information Management's Regional Leadership Forum (RLF) é um programa de desenvolvimento de liderança que utiliza aprendizagem experiencial para ensinar novos conceitos e aprimorar habilidades interpessoais e métodos e práticas de liderança.

Recentemente, a IT Mídia e a Fundação Instituto de Administração (FIA) anunciaram uma parceria para lançar a Academia do CIO. O objetivo é fechar um currículo para formação de curta duração, nas quais os executivos de TI terão a possibilidade de uma atualização em temas novos que passam a integrar a agenda das lideranças de tecnologia.

A previsão é de que até o final deste ano já esteja formatada a agenda do curso e também a primeira turma de executivos que terá acesso a esse conteúdo. A primeira etapa que antecederá a Academia do CIO será o IT Forum Trends, encontro produzido pela IT Mídia, também em parceria com a FIA, onde CIOs, consultores e professores da instituição debaterão tópicos extraídos do estudo Antes da TI, a Estratégia. A ideia é utilizar o documento final do encontro para elaborar parte da agenda da Academia.

E, você, acrescentaria mais alguma à lista?
Fonte: IT FÓRUM  e Aqui 
0